Núcleo Museológico do CPGP - Painéis da Evolução do Cavalo e da Evolução Humana Núcleo Museológico do CPGP - Painéis da Evolução do Cavalo e da Evolução Humana
Núcleo Museológico do CPGP - Maquele evolução dos Dinossauros Núcleo Museológico do CPGP - Maquele evolução dos Dinossauros
Núcleo Museológico do CPGP - Painéis de Icnofósseis e Invertebrados Núcleo Museológico do CPGP - Painéis de Icnofósseis e Invertebrados
Núcleo Museológico do CPGP - Painéis da Pré-História Núcleo Museológico do CPGP - Painéis da Pré-História
Núcleo Museológico do CPGP - Painéis do Paleozóico e Mesozóico Núcleo Museológico do CPGP - Painéis do Paleozóico e Mesozóico
Núcleo Museológico do CPGP Núcleo Museológico do CPGP
  • HOME /
  • NÚCLEO MUSEOLÓGICO /
  • Exposição
  • HOME /
  • NÚCLEO MUSEOLÓGICO /
  • Exposição

Evento a Decorrer

exposição
História Natural

Entre a Terra, a Vida e o Homem

A evolução da vida e o desenvolvimento fisíco e tecnológico do Homem


A Exposição de História Natural do Núcleo Museológico do CPGP é uma exposição, onde, de uma forma didática e interativa, o visitante pode conhecer a narrativa evolutiva da vida e a evolução física e tecnológica do Homem, ou seja, conhecer a longa cadeia de acontecimentos que marcaram a história da terra, da vida e do homem, antes do aparecimento das sociedades com escrita. Os temas centrais desta exposição são a evolução da vida e a evolução física e tecnológica do Homem, com destaque para os dinossauros e outros animais fósseis e a vida das comunidades humanas durante a pré-história. É constituída pelo acervo do Centro Português de Geo-História e Pré-História (CPGP) e por suportes impressos e interativos. Os materiais expostos provêm das coleções de paleontologia e de arqueologia do CPGP, nomeadamente fósseis do Paleozoico, Mesozoico e Cenozoico, artefactos pré-históricos, do período Paleolítico e reproduções de arte rupestre. Os fósseis e artefactos são provenientes de várias zonas de Portugal e de outros locais de mundo, representando assim toda a história da evolução da vida na Terra e da evolução do Homem.

Paralelamente à exposição desenvolvem-se, neste núcleo um conjunto de atividades didáticas nas áreas da paleontologia, da arqueologia e da história especialmente direcionadas para as escolas, em especial para o ensino preparatório e secundário. Esta exposição e atividades com ela relacionadas têm especial interesse para os programas de história, de biologia e de geologia e constituem-se como uma oportunidade única para os alunos aprenderem através do contacto direto com os fósseis, com os materiais arqueológicos e com os próprios investigadores. Esta forma de ensinar através do contato diretos com as formas de vivência do passado ou com os investigadores que estudam os materiais paleontológicos e arqueológicos proporcionam aos estudantes uma excelente assimilação dos conteúdos lecionados nas salas de aulas.

Ficha Técnica
Coordenação Geral
Silvério Figueiredo
Mário Nuno Antas
Fernando Coimbra
Coordenação Científica
Paleontologia
Silvério Figueiredo
Arqueologia
Fernando Coimbra
Comissão Científica
Pré-História
Luís Raposo
Paleontologia
Vanda Santos
Arte Rupestre
Hipólito Calado
Geologia
Pierluigi Rosina
Pedro Proença Cunha
Coordenação Museológica
Mário Nuno Antas
Textos
Silvério Figueiredo
Fernando Coimbra
Projecto de Museografia
Silvério Figueiredo
Fernando Coimbra
Arlinda Fortes
Fotografia
Edmundo Rijo
Silvério Figueiredo
Design Gráfico
Arlinda Fortes
Montagem
Silvério Figueiredo
Fernando Coimbra
Mário Santos
Vanessa de Sousa
Mário Nuno Antas
Sofia Ferreira
Guilherme Vieira
Miguel Feio
Produção de materiais educativos
Mário Nuno Antas
Sofia Ferreira
Execução da Exposição
Centro Português de Geo-História e Pré-História

Aspeto do Núcleo Museológico do CPGP - Vitrine do Mesozóico
Aspeto do Núcleo Museológico do CPGP - Painel da Evolução do Cavalo
Aspeto do Núcleo Museológico do CPGP - Maquete da Evolução dos Dinossauros
Aspeto do Núcleo Museológico do CPGP - Vitrine do Pré-História

peça do mês

JULHO 2019

Pico Acheulense

  • Pico Acheulense
  • Quartzito
  • Vale do Forno, Alpiarça (Portugal)
  • Pré-História Antiga
  • Acheulense
  • Coleção de Arqueologia
Pico Acheulense

O Acheulense surgiu há cerca de 1,4 Ma na Africa Oriental integrando um conjunto de utensílios diversificado onde se destacam os bifaces. No noroeste de França onde se encontra a jazida epónima de Saint-Acheul foram identificadas várias fases de desenvolvimento do Acheulense associado a depósitos de antigas glaciações do Mindel-Riss.
(Alarcão, J., Nova História de Portugal, das Origens à Romanização, 1990, pp.36-38)

Em Portugal este tipo de industrias estão presentes em vários pontos do país, nomeadamente nos terraços fluviais da margem esquerda do Rio Tejo na região de Alpiarça que tem fornecido diversos achados destas indústrias onde se destaca o Vale do Forno que apresenta várias jazidas atribuídas a esta cronologia, sendo o sítio mais emblemático o de Milharós com os bifaces micoquenses.
(Alarcão, J., Nova História de Portugal, das Origens à Romanização, 1990, p.45)

Os picos acheulenses apresentam uma morfologia alongada e uma secção transversal espessa que pode ser triangular ou quadrangular. Para a sua manufacturação recorreu-se exclusivamente à utilização do percutor duro, tendo incidido o talhe em suportes de quartzito que tanto podiam corresponder a seixos rolados como a calotes de seixo.
(Cunha-Ribeiro, O Acheulense no Centro de Portugal: O Vale do Lis, 1999)

Topo da página